Meanwhile the production continues!

Antes de comentar sobre o processo pessoal que está sendo a produção de o “O Grande Arquiteto do Mundo”, gostaria de fazer uma pausa com relação a todos os meus projetos anteriores, a resposta a todos é:

 “Eu ainda não desisti de vocês, mas eu preciso fazer essa pausa para elevar o meu nível de trabalho a um novo patamar. Gênio da Garrafa, Os pensamentos dela, S’oora, Galatika e Eleven Dreamers… vocês ainda estão no meu coração!”.

Agora de volta. Quando reavaliei o texto de “O grande arquiteto”, percebi que muitas coisas não funcionavam na narrativa, afinal de contas o meu intento até aqui e produzir algo claro e intenso ao mesmo tempo. Por tanto farei algumas alterações simples…

 – A cena não mais acontecera em uma zona abandonada do Colégio Sto. Tomás de Aquino mais sim em um farol de uma praia. Porque acredito que o clima de pôr-do-sol caira melhor com o nivel da conversa entre Roberto (que agora se chamara apenas “Betinho”) e Simone.

– O climax da história seria a descoberta do segredo de Simone, mas acho que isso pode ficar de lado. Portanto darei um foco maior ao dialogo deles, de forma a questão do dialogo: “Como tornar esse um mundo melhor ficara, mais em foco, mesmo assim o segredo dela permanecerá.

– A rebeldia de Roberto será transferida para Simone em um primeiro momento, por outro lado as personalidades serão mantidas, ainda assim a definição de quem possui uma boa vida será mantida…

Quanto aos sketchs alguns já estão prontos bem como os layouts, mas como o meu scaner está na casa do Luis C.S. as coisas, por enquanto, ficarão apenas na conversa.

No próximo post, sexta-feira eu comentarei sobre os personagens de “O Grande Arquiteto do Mundo”.

P.S.: Por outro lado eu já tenho o próximo projeto em mente, o mini-conto: “Apenas UM minuto, Apenas UM momento”.

Ok! Não entendeu o que está acontecendo? Saiba <AQUI>

O que? Ainda não leu o “O Grande Arquiteto do Mundo”? Leia <AQUI>

Anúncios

#MyLife38 – O que podemos aprender com as pessoas?

Juro que esse post começou com uma linda e filosófica exposição sobre como as pessoas deveriam prestar mais atenção uma nas outras e etc. Mas ontem a tarde eu mudei de idéia depois de 30 minutos no inferno com um bate-boca mais infundado da minha vida (e olha que eu acho idiota discutir sobre times de futebol, desenhos, comida de mãe e por aê vai…).

Tudo começou depois de um belo almoço com calabresa e um feijão esperto. Já estava agradavelmente feliz, pois tinha conseguido o aluguel da minha casa nova… PAUSA DRAMÁTICA!!!

É isso mesmo povo eu consegui finalmente alugar a minha casa! UÊBA! \o/ (mas eu só conto isso outro dia…)

Voltando…

Continuar lendo